noticias


ISOLDA HURTADO invitada de Centroamérica a VII ENCONTRO IBEROAMERICO DE ESCRITORAS E ESCRITORES en Sao Paulo, BRASIL. 16-17 Mayo 2014

Fecha: 10 mayo 2014

Fecha: 16 y 17 de Mayo de 2014
Lugar: Auditório do SESC, São José do Rio Preto, SAO PAULO, BRASIL

http://issuu.com/sesc_rp/docs/folder_vii_jornada_internacional_da

VII JORNADA INTERNACIONAL DE MULHERES ESCRITORAS -
VII ENCONTRO DE REDES IBEROAMERICANAS DE ESCRITORAS E ESCRITORES

Esse é um evento com a participação de mulheres escritoras, jornalistas, críticos em literatura e todo o universo literário que dedique seu tempo à escrita e à comunicação. Essas pessoas são especialistas na arte de cristalizar ideias, de valorizar o pensamento que desenvolve a imaginação, expressas em versos, narrativas, contos, dramaturgia, pesquisa, romance e todas as vertentes da comunicação literária.

O evento visa proporcionar a possibilidade do ressurgimento de novas ideias, novas escritoras e pensadores por meio de uma troca necessária da difusão das políticas culturais existentes que necessitam de uma melhor divulgação através da imprensa, fortalecendo a existência e a possível publicação do trabalho de escritoras brasileiras no exterior. A originalidade desse movimento está em congregar mulheres escritoras e, ao mesmo tempo, abrir um espaço para a reflexão, viabilizados pelo diálogo aberto junto ao público.

A Jornada tem por meta criar mecanismos que possam viabilizar uma melhor e mais eficaz comunicação entre as Redes de escritoras, editoras criadas por mulheres, tradutoras, pesquisadoras, jornalistas, educadoras e leitoras, com uma atenção especial dedicada a jovens mulheres e homens universitários.

O principal objetivo da Jornada é despertar, nas mulheres de todas as classes sociais, o interesse pela leitura, o acesso à informação e à troca de experiências das escritoras, as mais destacadas em seus países, convidadas anualmente, com prioridade para as Ibero-americanas.

Participantes:

-Lygia Fagundes Telles, Presidente de honra da Jornada Internacional de Mulheres Escritoras. Patronesse permanente da Jornada.
-Raquel de Queiróz, primeira mulher a fazer parte da Academia Brasileira de Letras.
-Cora Coralina, poeta, homenageada em 2014.
-Isabel Ortega, Coordinadora de la Jornada. Escritora de cuentos, trabajos de investigación publicados en castellano, textos de teatro, pedagoga, traductora, gestora cultural.
-Laura Freixas, Espanha, formada em direito, escritora, critica literária e tradutora. Colabora com “Babélia”, suplemento cultural do Jornal “El País’, revistas de “Libros Letras Libres”, “Mercúrio”, Colunista do Jornal, “A Vanguarda”
-ISOLDA HURTADO, NICARÁGUA, escritora, poeta, socióloga, tradutora, graduada em Sociologia e Filosofia na Universidade de Nova Orleans (EUA), Teatro e Línguas. Uma das fundadoras da Associação Nicaraguense de Escritoras.
-Martha Cecilia Rivera, EUA/Chicago, colombiana, escritora, narradora, romancista, crítica, jornalista e poeta colombiana, psicóloga.
-Gabriela Valdívia Aguillera - Santiago do Chile, escritora, narradora e antropóloga.
-Beatriz Helena Ramos do Amaral – São Paulo, poeta e ensaísta. Mestre em Literatura e Crítica Literária.
-Janaína da Cunha, Rio de Janeiro (Niterói) poeta, jornalista, escritora, atriz, produtora cultural, ativista sociocultural, idealizadora e Diretora/Presidente do Movimento Identidade Cultural.
-Adelice Souza, Bahia, é escritora, dramaturga e diretora de teatro. Doutoranda em Dramaturgia.
-Tássia Camargo, São Paulo, roteirista, tradutora, atriz, diretora teatral, gestora cultural, produtora.
-Marta Maciel, indígena do povo Indígena, Mura, Porto-Velho, Rondônia, escritora, Mestra em Sociedade e Cultura na Amazônia, Doutoranda em História Social.

-Esmeralda Ribeiro, São Paulo, jornalista, escritora, faz parte da “Geração Quilombhoje”.
-Laura Hernández Muñóz, México, Jalisco, escritora, dramaturga, ensaísta, jornalista, poeta, narradora, dramaturga, Dra. em História.
-Nilza Amaral- São Paulo, escritora, ficcionista, romancista, professora de línguas e literatura, entre seus livros publicados.
-Maureen Leão Cury,- São José do Rio Preto, curso de Letras pela Unesp/Ibilce. Professora de Língua Portuguesa/ Literaturas e de Língua Inglesa.
-Carmen Soller – São José do Rio Preto, Professora universitária aposentada. Ex secretária Municipal de Cultura de 1993 à 1996. Articulista do Jornal Bom Dia.
-Fernando Varela – Espanha, Madrid, tradutor, editor, formado em Filología Hispánica Sua carreira se direcionou sempre no mundo dos livros.
-Joaquim Maria Botelho – São Paulo presidente da UBE, União Brasileira de Escritores, autor, jornalista, tradutor e professor.
-Wilson Daher, São José do Rio Preto, escritor, dramaturgo, poeta, médico psiquiatra, aos catorze anos, já escrevia crônica para o jornal da cidade de São Carlos.
-Romildo Santana – São José do Rio Preto, escritor, livre-docente e comentarista da TV TEM, de maio de 2003 a dezembro de 2009. Publicou 8 livros.
---------------
PROGRAMA:

DIA 16 DE MAIO sexta-feira (VIERNES)
10h30 da manhã – ABERTURA – PRESENÇA DE AUTORIDADES E APRESENTAÇÃO DOS PARTICIPANTES.

Apresentação do evento: Jornalista e historiador, Fernando Marques

12h00 – homenagem a poeta Cora Coralina – participação de Tássia Camargo (atriz e guionista)
-Entrega do Prêmio “Lygia Fagundes Telles” a escritora Espanhola “Laura Freixas”
-Apresentação Isabel Ortega
-Exposição ”A Alma Humana em Essência”, poemas de Roseli Arrudha e da fotógrafa Magada Pinheiro, dias: 16, 17, 18, no Rio Preto Shopping.

13h00 – Encerramento Almoço

Tarde - Moderadora: Carmen Soller

14:00 – Laura Hernández Muñóz, do México – Ponencia: México diante da globalização. Como conservar a identidade cultural sem ausentar-se do desenvolvimento mundial”. Membro de Nacões Unidas de las Letras.

14h40- Joaquim Maria Botelho, São Paulo, Brasil. Ponencia: “Confluência das linguagens literária e jornalística em Os Sertões, de Euclides da Cunha”. Presidente da UBE (União Brasileira de escritores).

15h30 – Dr. Wilson Daher, São José do Rio Preto, Sao Paulo, Brasil. Ponencia: “Machado de Assis freudiano ou Freud machadiano”. Escritor, Dramaturgo e
Psiquiatra.

16h20h00 – Janaína da Cunha, Rio de Janeiro, Brasil. Ponencia: “O Papel da Mulher na Transformação da Sociedade”. Jornalista, Escritora, Comendadora das artes e correspondente a ALB/Suíça. Bisneta do escritor Euclides da Cunha.

CAFÉ LITERARIO, ponto de encontro e apresentação de livros. Lectura de POESÍA, NARRATIVA y presentación de LIBROS.
----------------------------------
DIA 17 DE MAIO DE 2014 – SÁBADO

Manhã - Moderador: Romildo Santana
10H30- Laura Freixas, Barcelona, Espanha – Membro do Parlamento Cultural Europeo. Ponencia: “Las escritoras y lo autobiográfico”

11h10 – Gabriela Valdívia Aguillera – Santiago do Chile-Corporação de Letras do Chile. Ponencia: “Direitos, Literatura e Violência”

12h30 – Beatriz Amaral – São Paulo – Musicista, advogada, pesquisadora, escritora: desafia o público a mergulhar na obra do poeta Edgar Braga, principal expoente da poesia caligráfica do Brasil, o criador dos “Tatoemas”.
Ponencia: "A Transmutação Metalinguística na Poética de Edgar Braga”.
Nesta palestra, narro as linhas de minha pesquisa sobre a obra poética de Edgard Braga, que se transformou no livro homônimo em 2013 (Ateliê Editorial, Coleção Estudos Literários, São Paulo). Convido o público a navegar pelo universo transmutante do verbo/visualidade do poeta alagoano que fixou residência em São Paulo, aproximou-se da estética concreta, criou os “tatoemas”, foi traduzido para vários idiomas e é um dos principais expoentes da poesia caligráfica e visual no Brasil.

13h00 – Almoço

Tarde- Moderadora: Maureen Leão Cury
14h00 – ISOLDA HURTADO – NICARÁGUA – Ponencia: “Século XXI, Mulheres e Literatura”. Diretora General da Federação Centroamericana de Escritoras, socióloga, filósofa, escritora.

14h40 – Marta Cecília Rivera. Colombia, EUA/Chicago. -Ponencia: “A experiência de “Contratiempo”, organização que promove escritores no mundo”. Psicóloga, escreve para revistas y periódicos de Chicago. Sua obra está publicada em EUA, Espanha, Colômbia.

15h20 – Márcia Nunes Maciel – Porto-Velho, Rondônia, Brasil. Ponencia:“O espaço lembrado: experiências de vida em seringais da Amazônia, lembrando minha terra, minha aldeia.” Escritora indígena, do povo indígena dos Mura.

Moderadora: Nilza Amaral
16h00 – Fernando Varella, Espanha. Ponencia: “Por que publicar mais livros? Há necessidade de novas vozes no mercado editorial?” Diretor da editorial “Lengua de Trapo”, tradutor, crítico.

Moderadora: Tássia Camargo
16h40 – Esmeralda Ribeiro, Brasil. Ponencia: “Quem disse que é o meu lugar é só na cozinha? Escritora afro-descendente.

17h20 – Adelice Souza – Bahia, Brasil. Ponencia: “A palavra é uma deusa”. Escritora e dramaturga, finalista do Prêmio Jabutí, 2013.
-------------------

CAFÉ LITERARIO - Lectura de POESÍA, NARRATIVA y presentación de LIBROS.

Lugar: SESC Rio Preto, Sao Paulo, BRASIL – Av. Francisco das Chagas Oliveira, 1333 – Tel.:(17) 3210.9300